“Não há nada que me impeça de voltar”, de Shawn Mendes

Em 'Não há nada que me retenha', Shawn Mendes parece estar perdidamente apaixonado por uma senhora que é manipuladora, mas está disposto a fazer tudo o que ela quiser.


O cantor timidamente cumpre todas as suas ordens, mesmo que seja em seu próprio detrimento. Ele admite que quer que ela controle e mostre o caminho porque a ama. Parece que eles ainda não estão namorando sério, mas ela dá a ele intimidade suficiente para que ele sinta que ela pode estar interessada. Isso o faz querer confessar seus sentimentos a ela, embora seja uma coisa assustadora para ele e também porque ele não tem certeza se ela sente o mesmo por ele.

Shawn explica claramente que essa senhora tem tanto controle sobre suas decisões que ela até o leva a lugares que são um dano potencial para sua reputação. Apesar de estar ciente da tendência manipuladora dela, a cantora diz que nada o está impedindo porque tudo o que importa é estar com ela. Na verdade, ele sente que as coisas serão perfeitas quando estiverem juntos, mesmo que haja algum tipo de perigo por perto.

As letras de 'Não há nada que me retenha' são autobiográficas?

Mendes explicou a inspiração por trás da música em uma sessão de perguntas e respostas com um monte de fãs. Segundo ele, a garota sobre a qual ele canta era de um roteiro de filme que ele provavelmente iria representar. Ele afirmou ainda que a garota da música não é uma pessoa real, mas sim um personagem do filme, pelo qual 'seu personagem' se apaixonou.

Letras de

Escrevendo créditos para 'Não há nada que me retenha'

Shawn co-escreveu 'Não há nada que me retenha' com três colegas compositores. São eles: Scott Harris, Geoff Warburton e Teddy Geiger. Este último também co-produziu a música com o produtor Andrew Maury.


Deve-se notar que Geiger colaborou com Shawn em vários de seus maiores sucessos. Alguns deles incluem “ Perdido no japão “,“ Pontos ”e“ Em meu sangue '

Data de lançamento

20 de abril de 2017 foi a data em que esta música foi lançada globalmente como o terceiro single do segundo álbum de estúdio de Shawn ( Iluminar )


Sucesso no gráfico

Este single provou ser um verdadeiro sucesso para Shawn Mendes. Alcançou o número 1 em vários países. No Reino Unido, chegou ao número 4. E na Billboard Hot 100 da América, alcançou a impressionante posição de número 6.

Quem canta o fundo em 'Não há nada que me retenha'?

Os vocais de apoio da música são cantados por seu co-escritor e co-produtor, Teddy Geiger.